quarta-feira, 31 de outubro de 2012

A Cortina de fitas


Algumas amigas me perguntaram o que tinha atrás da mesa de bolo ...
Era uma cortina feita de fitas, renda, e muitas tiras de voal rasgadas , cada uma delas presa com um nó em um varão de cortina que estava apoiado em duas lamparinas...
Eu quebrei a cabeça a semana inteira pensando em como esconder a escada que leva ao mezanino, sem usar tecidos, que não eram a proposta da decoração.
Na ultima foto tem uma parcial do ambiente enquanto estávamos decorando e dá pra ver ela inteira lá no cantinho ...

Eu adorei! E vocês?
xoxo









terça-feira, 30 de outubro de 2012

Decoração


Com materiais simples e comuns podemos transformar um ambiente!

Na primeira foto são 6 copos  comuns que tem o fundo azulado...



As flores estão em garrafinhas de leite de coco e no fundo dos "copinhos de pinga" velinhas...


Uma garrafa, lanternas do R$ 9,99 , e duas taças viradas com vela bola ...


A garrafa do vinho da semana passada... e bolas de flores de ... adivinhem?

Tiras de cortina!!!!!


Que tal? 

PS. Obrigada Miriam pelo empréstimo de algumas das garrafinhas de leite de coco! 
xoxo

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

A quatro mãos


Este panô foi feito pela minha amiga Marguita,  eu fiz a boneca  - somente a boneca sem a roupinha - 
Eu amei o resultado desta nossa parceria!
Que tal?
xoxo

domingo, 28 de outubro de 2012

Molde ursinho


Meninas este molde eu achei na net, mas ele é tão bonitinho que tenho que compartilhar...

Muito  fácil! E o resultado é lindo!

xoxo




quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Puf de corações

Esta ideia veio de Curitiba, em formato de puf ficou lindo mas é bem trabalhoso...
Que tal usar os corações em uma almofada?




Talvez assim a Lia aceite largar o puf....
xoxo


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Festa Liara - Lembranças

Cada Família recebeu de lembrança um anjinho com um terço nas mãos ...
As convidadas adoraram... e vocês?
xoxo






segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Festa da Liara


Olá meninas!!!!

Sei que vocês já devem estar desconfiadas que aprontei alguma por causa do meu desaparecimento ...

Mas eu estava trabalhando! Na decoração da festa de Primeira Comunhão da Liara... Tem tanta coisa para mostrar...vou separar em varias postagens, conforme as fotos forem chegando ok?

Quero agradecer de coração a ajuda da Déby e da Geo, o bom gosto destas meninas é incrível!

Obrigada!
xoxo











sábado, 13 de outubro de 2012

Bota Natal


Andamos fazendo umas botinhas de feltro no Clube de Mães... 

xoxo



Mais um modelo pra voce se inspirar....



Esta veio do blog Criação e arte e tem molde!










sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Bolsa Rosa


Muitas flores de fuxico, crochê, fita, frutinhas... tudo para enfeitar esta mimosa bolsa...
Eu esqueci de tirar foto da parte de dentro, mas tem dois bolsos.

A Lia claro, também já pediu uma...

xoxo






quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Bailarinas


As vezes eu gosto tanto de algo que faço para alguém, que tenho dificuldade em vender...

e essas bonecas são as minhas preferidas... espero que a cliente goste!
xoxo







quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Corujando



Hoje estou corujando... opa, costurando...eheheh

xoxo






terça-feira, 9 de outubro de 2012

Minimamente feliz

Hoje recebi este texto por e mail de uma amiga (Bjs Nívia!) e eu tinha de postar aqui... 


E daí se eu falo sozinha... se eu canto no carro...eu sou feliz!!!!    xoxo




Minimamente feliz





A Felicidade é a soma das pequenas felicidades. Li essa frase num outdoor em Paris e soube, naquele momento, que meu conceito de felicidade tinha acabado de mudar.

Eu já suspeitava que felicidade com letras maiúsculas não existia, mas dava a ela o benefício da dúvida. Afinal desde que nos entendemos por gente aprendemos a sonhar com essa felicidade no superlativo.
Mas ali, vendo aquele outdoor estrategicamente colocado no meio do meu caminho (que de certa forma coincidia com o meio da minha trajetória de vida), tive certeza de que a felicidade, ao contrário do que nos ensinaram os contos de fadas e os filmes de Hollywood, não é um estado mágico e duradouro.
Na vida real, o que existe é uma felicidade homeopática, distribuída em conta gotas.
Um pôr do sol aqui, um beijo ali, uma xícara de café recém coado, um livro que a gente não consegue fechar, um homem que nos faz sonhar, uma amiga que nos faz rir.
São situações e momentos que vamos empilhando com o cuidado e a delicadeza que merecem, alegrias de pequeno e médio porte e até grandes (ainda que fugazes) alegrias.
Eu contabilizo tudo de bom que me aparece,sou adepta da felicidade homeopática. Se o ziper daquele vestido que eu adoro voltar a fechar (ufa!) ou se pego um congestionamento muito menor do que eu esperava, tenho consciência de que são momentos de felicidade e vivo cada segundo.
Alguns crescem esperando a felicidade com letras maiúsculas e na primeira pessoa do plural: ”Eu me imaginava sempre com um homem lindo do lado, dizendo que me amava e me levando para lugares mágicos”.
Agora, se descobre que dá para ser feliz no singular: Quando estou na estrada dirigindo e ouvindo as músicas que eu amo, é um momento de pura felicidade. Olho a paisagem, canto, sinto um bem estar indescritível.
Uma empresária que conheci recentemente me contou que estava falando e rindo sozinha quando o marido chegou em casa. Assustado ele perguntou com quem ela estava conversando: Comigo mesma, respondeu. Adoro conversar com pessoas inteligentes.
Criada para viver grandes momentos, grandes amores e aquela felicidade dos filmes, a empresária trocou os roteiros fantasiosos por prazeres mais simples e aprendeu duas lições básicas: - Que podemos viver momentos ótimos mesmo não estando acompanhadas e - Que não tem sentido esperar até que um fato mágico nos faça felizes.
Esperar para ser feliz, aliás, é um esporte que abandonei há tempos. E faz parte da minha “dieta de felicidade” o uso moderadíssimo da palavra “quando”.

Aquela história de “quando eu ganhar na MegaSena”, “quando eu me casar”, “quando eu tiver filhos”, “quando meus filhos crescerem”, “quando tiver um emprego fabuloso” ou “quando encontrar um homem que me mereça”, tudo isso serve apenas para nos distrair e nos fazer esquecer da felicidade de hoje.

Esperar o príncipe encantado, por exemplo, tem coisa mais sem sentido? Mesmo porque quase sempre os súditos são mais interessantes do que os príncipes; ou você acha que a Camilla Parker-Bowles está mais bem servida do que a Victoria Beckham?

Como tantos já disseram tantas vezes,aproveitem o momento, amigos. E quem for ruim de contas recorra a calculadora para ir somando as pequenas felicidades.
Podem até dizer que nos falta ambição, que essa soma de pequenas alegrias é uma operação matemática muito modesta para nossos tempos. Que digam!
Melhor ser minimamente feliz várias vezes por dia do que viver eternamente em compasso de espera.

Leila Ferreira

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Anjos para arvore

É Claro que o meu "desaparecimento" daqui do blog só podia ser por causa de muitos trabalhinhos...
Vou postando as fotos aos poucos, ok?

Estes anjinhos podem ser pendurados na árvore de natal ou colocados no topo.

xoxo